Please reload

Posts Recentes

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Posts Em Destaque

A Temporada de Chuvas e as Infiltrações

May 17, 2016

 

A Temporada de chuvas em Salvador geralmente acontece entre os meses de abril e agosto, podendo variar a cada ano. Junto com ela os síndicos já começam a ter dores de cabeça só de imaginar que o seu condomínio poderá sofrer com o mal das infiltrações. Vazamentos, goteiras, toda a sorte de incômodos que se possa imaginar estarão colocando a paciência de todos à prova. Por mais paradoxal que possa parecer, as chuvas podem trazer a motivação que faltava para que todos busquem a solução.

 

Como e porque as infiltrações aparecem

 

A água pode trazer infiltrações através de três caminhos distintos:

  1. Por meio de trincas e rachaduras;

  2. pelos poros do material;  ou

  3. por falhas que este material possua como, por exemplo, brocas, ninhos no concreto e fendas entre o concreto e a armadura (ferragem interna)

 

Além dos agentes naturais (umidade, variação de temperaturas; salinidade, etc), os vícios construtivos, ou seja, defeitos originados no próprio processo construtivo (erro de projeto ou de execução) são as causas fundamentais do problema.

A infiltração que se manifesta no período de chuvas é decorrente de uma patologia que já estava lá. As chuvas apenas mostram-nos, de forma às vezes dramática, os danosos efeitos.

Manchas feias , alagamentos, danos em veículos e móveis são apenas a parte visível do problema. O comprometimento da edificação é o grande mal das infiltrações não tratadas.

 

O perigo das “soluções” paliativas

 

Não adianta tentar resolver este problema (que é profundo) com soluções superficiais.

Achar que refazendo o rejunte a infiltração irá cessar é um engano. Fazer esta manutenção periodicamente é uma providência correta, mas não isso é um tratamento impermeabilizante.

Também é muito comum a colocação de calhas sob a infiltração. Isso também causa danos, pois gera um ambiente ácido que, ao evaporar, acelera a degradação do concreto.

A aplicação de cimentícios ou resinas não flexíveis é uma forma de gastar dinheiro e agravar ainda mais as patologias. Fazer o “tamponamento” da saída da água é uma providencia muito perigosa, pois fará com que a água fique retida dentro da estrutura, acelerando o processo de deterioração.

 

As Formas de Tratamento mais eficazes

 

a) Substituição da manta. É uma solução radical, às vezes necessária. É a mais recomendada quando o volume de infiltrações seja generalizado e a substituição do piso superior já seja plano do condomínio (pois é a parte mais cara da solução);

 

b) Injeção química. Método não destrutivo, aplicado pontualmente onde a infiltração ocorre. É preciso que esta solução envolva a injeção de um produto flexível e de baixa viscosidade, pois é a única maneira de eliminar o problema na origem.

 

A injeção de produtos não flexíveis e/ou de alta viscosidade (espessos) não tem a capacidade de resolver o problema da forma correta, pois a resina só vai preencher a parte mais próxima da superfície inferior (que tem aberturas mais largas). Produtos de alta viscosidade não passam por microfissuras e, por isso, não conseguem chegar à origem da infiltração.

Se a solução não chega à origem, que é por onde a água entra, o resultado será o mero bloqueio da saída da água. Isso fará com que a água continue causando uma degradação perigosa e silenciosa no interior do concreto.

 

Os 5 pontos que devem definir a escolha do prestador do serviço

 

Na hora de escolher a empresa que vai prestar o serviço, procure saber:

  1. Se a empresa é idônea;

  2. Qual a opinião dos clientes desta empresa;

  3. Qual o prazo de execução do serviço;

  4. se haverá algum custo para o condomínio além do orçamento apresentado;

Diante disso é que devemos encarar o problema mostrado pelas chuvas como a oportunidade de decidir pela solução deste problema, pois somente nesta época é que o incômodo passa a ser visível por todos.

Please reload

Siga
Please reload

Procurar por tags
Please reload

Arquivo

Artigos sobre Infiltrações

(71) 4141-6369

       (71)  99329-4700